CBMA

Centro de Biologia Molecular e Ambiental

Centre of Molecular and Environmental Biology

CBMA News

An updated inventory of the ichthyofauna recorded in Portuguese waters lists up to 230 more species

mar1An updated inventory of the ichthyofauna recorded in Portuguese waters lists up to 230 more species than those listed in Fishbase and previous checklists, consisting in an increase of nearly 30% in the number of fish species recorded in Portuguese territorial waters and the Economic Exclusive Zone (EEZ).

 The grand list includes also the recently proposed extension of the continental platform, making up a total of close to 1200 fish species in an area spanning for 4 227 408 Km2, that corresponds to the total land area occupied by the countries of the European Union. The ichthyofauna present in this region comprises about 88% of the marine fish species recorded for European countries.

These findings were a result of a comprehensive literature search and data mining of fish species records available in Museum collections and major public biodiversity databases. The study was led by the researchers Miguel Carneiro and Rogélia Martins (Instituto Português do Mar e da Atmosfera - IPMA), with the participation of Filipe Costa and Monica Landi from CBMA, Universidade do Minho.

The study was published in the European Journal of Taxonomy and the access is free (http://www.europeanjournaloftaxonomy.eu/index.php/ejt/article/view/196).


 

Climate policies under wealth inequality

Climate policies under wealth inequality.
Abstract
Taming the planet's climate requires cooperation. Previous failures to reach consensus in climate summits have been attributed, among other factors, to conflicting policies between rich and poor countries, which disagree on the implementation of mitigation measures. Here we implement wealth inequality in a threshold public goods dilemma of cooperation in which players also face the risk of potential future losses. We consider a population exhibiting an asymmetric distribution of rich and poor players that reflects the present-day status of nations and study the behavioral interplay between rich and poor in time, regarding their willingness to cooperate. Individuals are also allowed to exhibit a variable degree of homophily, which acts to limit those that constitute one's sphere of influence. Under the premises of our model, and in the absence of homophily, comparison between scenarios with wealth inequality and without wealth inequality shows that the former leads to more global cooperation than the latter. Furthermore, we find that the rich generally contribute more than the poor and will often compensate for the lower contribution of the latter. Contributions from the poor, which are crucial to overcome the climate change dilemma, are shown to be very sensitive to homophily, which, if prevalent, can lead to a collapse of their overall contribution. In such cases, however, we also find that obstinate cooperative behavior by a few poor may largely compensate for homophilic behavior.
KEYWORDS:
collective action, environmental agreements, evolutionary game theory, global warming, governance of the commons
A cooperação internacional, necessária para combater as alterações climáticas, será conseguida mais facilmente a partir de acordos locais, em vez de basear-se em instituições globais, como as Nações Unidas, segundo um estudo liderado por portugueses. O trabalho desenvolvido por investigadores do Instituto Superior Técnico e da Universidade do Minho, em colaboração com a Princeton University, e publicado no jornal PNAS, concluiu que “as instituições são muito mais estáveis e efetivas quando são locais, quando comparadas com instituições globais, como as Nações Unidas”, no que respeita aos comportamentos relacionados com a mudança do clima.
 

New insights into structure, function and regulation of transport proteins

 
TransPort










Erasmus Intensive Program "New insights into structure, function and regulation of transport proteins.
This international advanced course will offer advanced education in the area of cellular membrane biochemistry, will provide an encouraging scientific environment in this research area, promoting the exchanging of ideas and projects between students and professors.
 
2nd - 13th June 2014
Responsible: Margarida Casal
CBMA, Department of Biology
University of Minho
Portugal

 

Novo transportador genético para cosmética e saúde

nanodeleveryFoi publicado no NÓS – Jornal Online da UMinho, edição "janeiro'2014", uma reportagem sobre o projeto NanoDelivery, da Escola de Ciências, tendo como tema - "Novo transportador genético para cosmética e saúde". Participa neste projeto a Doutora Andreia Gomes docente do Departamento de Biologia.


Read more »»

 

Future Trends for Recombinant Protein-Based polymers

Future Trends for Recombinant Protein-Based polymers: The Case Study of Development and Application of Silk-Elastin-Like Polymers

Margarida Casal, António M. Cunha, and Raul Machado

Materiacaparedls science and engineering emerged and developed throughout the twentieth century with a primary focus on metals, ceramics and petroleum-based polymers. However, since the 1990s they also expanded to study biological materials, due to the significant progress made in this field. In fact, the recognition of the mechanisms linking nano - and micro-scale structures with macromolecular assembly and organization enable Mmolecular biologists to understand Nature`s refinednways of creating high performance structural materials.

Read More ....

 

Comece a tratar as bactérias por tu

bacterias

The following text “COMECE A TRATAR AS BACTÉRIAS POR TU“ is a newspaper publication for science dissemination under the partnership between “Correio do Minho” and ECUM.

 

 

Read more...
 

Synthetic Biology as a powerful tool in the development of bioinspired smart materials

Lecture given by Prof. Dr. Margarida Casal entitled "Synthetic Biology as a powerful tool in the development of bioinspired smart materials", in First International Conference on Natural Fibres: Sustainable Materials and Advanced Applications.

Read more...
 

Project MarPro in the Biosphere Programme RTP2

MARPRO

 The MarPro LIFE is a project that aims to create a network of Natura 2000 offshore sites, which until now has never been contemplated by the Portuguese State. Data obtianed from dedicated aerial surveys is complemented with opportunistic censuses at sea and in coastal areas. With this information, it is intended to define areas for the conservation of species of cetaceans and seabirds within national exclusive economic zone, ie up to 200 nautical miles from the coast. In the presente documentar their are coments produced by José Vingada, professor at the School of Sciences, University of Minho and Catarina Eira, project coordinator of the Life+ MarPro project.


A partir do minuto 9:50 poderá visualizar o Projecto LIFE+ MarPro no Programa Biosfera da RTP2

Read more...
 

"Ponto a Ponto" na abertura do Ano Internacional da Matemática do Planeta Terra

420636 174657629314040_1332041480_nO grupo STOL foi convidado para estar presente no dia de abertura do Ano Internacional da Matemática do Planeta Terra que teve lugar no dia 5, no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva, em Lisboa, com um dos seus projectos mais mediáticos.

Ponto a Ponto enche a Ciência o Espaço é uma instalação da autoria do STOL — Science Through Our Lives em colaboração com o Departamento de Matemática e Aplicações, da Escola de Ciências da Universidade do Minho que pretende recriar um recife de corais executado em croché, numa perspectiva de “work in progress”. Deste modo, a produção de peças de croché lembrando corais está aberta a qualquer pessoa interessada em participar.
Toda a estrutura resulta de uma iniciativa intergeracional colaborativa e evidencia, de um modo particular, a relação entre a Biologia e a Matemática no âmbito da geometria hiperbólica. Permite visualizar, por exemplo, como linhas paralelas não permanecem equidistantes. Na sua execução foi utilizada a técnica do croché tradicional ("ponto alto" e "ponto baixo"), feito com agulha única, recorrendo a fio de lã e/ ou algodão, de texturas e cores variadas.

Exposição "Ponto a Ponto" no Pavilhão do Conhecimento, Lisboa:

 

A Biologia, a Matemática e o Croché: Uma troika de sucesso

179702 232106716902464_236182234_n

Quando um conceito que queremos transmitir colide com a nossa capacidade de compreensão, dá jeito ter algo a que nos agarrar. Agarrar mesmo! Ver com os olhos e com as mãos. A Matemática que o diga. E foi para explicar conceitos matemáticos que o croché entrou em acção em 1997 pelas mãos de Daina Taimina, matemática nas horas certas e crocheteira nas que lhe sobram. Até hoje o croché é a única técnica que permite construir modelos tridimensionais da geometria hiperbólica.

Ora acontece que em 2011 o matemático Jorge Buescu andava às voltas com "Casamentos e outros Desencontros", mais um dos seus livros editados pela Colecção Ciência Aberta da Gradiva. E não é que vinham mesmo a calhar umas imagens originais para o capítulo "Quando o croché ajuda a matemática"? Foi aí que esta que vos escreve entrou em cena.

Agarrou-se aos novelos, desatou a "pedalar" (fazer croché é como andar de bicicleta) e lá desenrascou o amigo. Sabiam que algumas formas hiperbólicas fazem lembrar estruturas biológicas? Corais, alfaces e certos cogumelos são só alguns exemplos. E nem precisamos de nos esforçar muito. É bem mais fácil ver um coral num plano hiperbólico duplo de croché, do que descobrir formas em nuvens que vagueiam num céu de Verão, quando as olhamos deitados numa toalha à beira-mar.

Apresentada às colegas Cristina Aguiar e Judite Almeida do projecto de divulgação de Ciência STOL – Science Through Our Lives (Dep. Biologia – Centro de Biologia Molecular e Ambiental) e Antónia Forjaz do Dep. Matemática, todas elas crocheteiras de mão cheia, a ideia foi crescendo a olhos vistos. Harmonizaram-se competências em Biologia e em Matemática, congregaram-se vontades de transmitir Ciência de modo lúdico e apelativo e, mesmo a jeito, no Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações, conseguiu-se a adesão de instituições de apoio à terceira idade. A ideia ganhou forma. E ganhou um nome também, claro! Muito a propósito "Ponto a Ponto enche a Ciência o Espaço".

A seguir foi tempo de ganhar asas. Engalanou-se de recife de coral e foi à Festa (Festa da Ciência 2012 – ECUM). Depois embarcou de Braga a Praga para expandir horizontes (International Conference on New Horizons in Education) e registou em memórias tamanha ousadia (Procedia – Social and Behavioral Sciences, 55). No Verão foi a banhos... de livros (Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva) e na rentrée associou-se ao Projecto "A Matemática dos Nossos Avós" do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra onde está, virtualmente, à distância de uma tecla. Mas não ficou por aqui. Invencível em ousadia e após algumas intervenções de cirurgia estética, expõe-se agora vaidosa na Invicta, até ao dia 24 de Fevereiro, sob a forma de instalação de arte (Exposição Ciência e Arte – Museu Nacional Soares dos Reis).

Esta ideia é um sucesso. Tem crescido a olhos vistos à custa de muitas mãos talentosas e a agenda cresce também, sem mãos a medir. Em boa hora estamos no Ano da Matemática do Planeta Terra. Que mais se pode pedir?

Talvez mais crocheteiras habilidosas que queiram juntar-se à lista das 18 que acompanha o "Ponto a Ponto... " no seu périplo. Bem vindas!

Alexandra Nobre
(Projecto STOL – This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
(este texto não foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico)
Correio do Minho 21/2/2013

Exposição na Festa da Ciência ECUM:

Exposição no Museu Nacional Soares dos Reis, Porto:

Exposição no Pavilhão do Conhecimento, Lisboa:

 

Descarregar a notícia publicada no Correio do Minho

 

À conversa com... Ronaldo Sousa

a conversa com_ronaldo_sousaRonaldo Sousa, investigador do CBMA e do CIIMAR da Universidade do Porto é o convidado da rúbrica "À conversa com...." promovida pela Associação Juvenil de Ciência (AJC) e pela FNAC e irá apresentar os resultados das suas pesquisas sobre as espécies invasoras que existem em Portugal, e quais as consequências no nosso meio ambiente. O título da comunicação é "O ataque das invasoras" e terá lugar na FNAC do Bragaparque no dia 21 de Março de 2012 pelas 21:00h.

Read more...
 
Page 9 of 12
You are here: Home CBMA News Archive

Members' Resources